Clínica Olhos Oftalmologia

CIOM NEWS

Ouvir som alto pode trazer perda auditiva em menos de 5 anos

Uma pesquisa divulgada pela revista da Associação Americana de Medicina revela que nos Estados Unidos um em cada cinco adolescentes de 12 a 19 anos já apresenta perda auditiva.

O número, por si só, já é alarmante, mas ganha ainda mais destaque quando se revela que é 30% maior aos números de um mesmo levantamento realizado entre 1988 e 1994. Segundo a pesquisa, um dos vilões do problema é o tempo de exposição dedicado por adolescentes a aparelhos eletrônicos, principalmente com fones de ouvido e em alta volume.

Segundo o autor da pesquisa, o Dr. Gary Curhan, o adolescente não deve abandonar o prazer de ouvir música em seu i-pod, mas precisa de moderação. “É só ver por aí como a exposição prolongada ao som alto é perigosa à audição. Mas isso não significa que os jovens não possam ouvir os MP3 players.

O uso é permitido, mas com moderação. A exposição segura para o ouvido humano é de ruídos com, no máximo, 80 decibéis. A partir disso, a tolerância ao ruído diminui significativamente”, diz ele.

Pesquisas mostram que adolescentes ouvem música a até 105 decibéis

Só para se ter uma ideia do tamanho deste “estrago”, basta saber que uma britadeira promove ruídos de 120 decibéis. Se esse tipo de abuso se tornar uma rotina, otorrinolaringologistas garantem que um jovem apresentará uma perda auditiva considerável em menos de cinco anos, o que atrapalhará sua convivência social.

Adeptos do hábito de ouvir música em altos decibéis podem inclusive ter dificuldade para perceber sons agudos. Eles podem não distinguir alguns fonemas e poderão ter problemas para aprender um novo idioma, por exemplo. A sensação de zumbido ou de abafamento da audição são sinais de alerta que não devem ser ignorados. Neste caso, um otorrinolaringologista deve ser procurado imediatamente.

Clínica CIOM
✔ ENDEREÇO

Rua Hermengarda, 428 | Méier
Rio de Janeiro | RJ | Brasil | Cep 20710-010


O Centro Integrado de Oftalmologia do Méier cuida da saúde da sua família há 40 anos,
com muito amor e dedicação ❤ CIOM, a sua clínica na Zona norte do Rio.