Clínica Olhos Oftalmologia

CLÍNICA CIOM

Transplante de Córnea

O que é um Transplante de Córnea?

O Transplante de Córnea é o procedimento cirúrgico que consiste na substituição da córnea alterada por uma córnea doadora saudável.

O Transplante de Córnea pode ser realizado com anestesia local ou geral, dependendo de cada caso e da necessidade de cada paciente.

Qual a indicação para se fazer um Transplante de Córnea?

  • Quando há perda da transparência ou alguma alteração anatômica da córnea, que promova a perda funcional deste tecido.
  • Nestes casos, o paciente perderá a nitidez da visão, podendo inclusive chegar à cegueira legal.
  • Cicatrizes pós trauma;
  • Infecção (leucoma);
  • Edema de córnea;
  • Queimaduras químicas ou térmicas;
  • Ceratocone;
  • Distrofias.

Transplante de Córnea - Riscos

A complicação mais comumente encontrada em transplantes de córnea, é o astigmatismo pós-operatório, que ocorre na maior parte dos pacientes.

Mas com a retirada dos pontos guiados por exames de topografia esse efeito pode ser minimizado.

Outra complicação bastante frequente é a rejeição ao tecido transplantado.

Sobre a rejeição em um Transplante de Córnea:

A rejeição nos transplantes, ocorre quando o sistema imunológico do paciente, reconhece a córnea nova como tecido heterólogo, estranho ao próprio organismo. Nesses casos pode haver perda da transparência do tecido transplantado e portanto falência do transplante.

O período de rejeição de uma nova Córnea é de até um ano.

Como tratar a rejeição de um Transplante de Córnea?

A rejeição de um Transplante de Córnea pode ser revertida em 90% dos casos, através de uso intensivo de corticoide tópico e outros medicamentos.

Existe também a possibilidade de se realizar outro transplante de córnea após a rejeição.

Transplante de Córnea - Recuperação

  • Usar colírios de corticoide e antibiótico prescritos pelo especialista;
  • Em casos especiais pode ser necessário anti-hipertensivo ocular e medicação oral;
  • Evitar esfregar ou pressionar o olho operado;
  • Usar óculos ou manter o curativo, de acordo o aconselhamento médico;
  • Evitar esforço físico no período de cicatrização;
  • Dormir do lado contra lateral ao olho operado;
  • Perguntar ao médico antes de começar a dirigir.

Situação do Banco de Olhos no Brasil

Atualmente, estão ocorrendo grandes mudanças na legislação que estabelece as regras para a captação, distribuição e importação de córneas para transplante.

Em cada Estado brasileiro existem peculiaridades.

Praticamente cada um dos estados brasileiros está criando as C.N.C.D.O. (Centrais de Notificação, Capacitação e Distribuição de Órgãos), que serão responsáveis pela distribuição de todos os órgãos e tecidos, incluindo córneas.

Todos os pacientes deverão ser cadastrados na lista de espera e somente uma vez. Se houver dualidade de cadastro, o paciente terá que optar com qual permanecer e, notificar ao banco de olhos da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO).

Lista de espera para Recebimento de Córnea

  • Para a fila de espera de recebimento de córnea, será válida a data original em que o paciente se cadastrou no banco de olhos, mesmo que ele venha a mudar de convênio ou de médico.
  • Com relação às prioridades, por enquanto são válidas as que estão definidas na legislação em vigor, a saber:
  • Falência primária;
  • Perfuração;
  • Descemetocele;
  • Úlcera corneana que não responda ao tratamento clínico;
  • Criança abaixo de sete anos de idade com baixa de AV Bilateral.

Transplante de Córnea - Preço:

Aceitamos os principais convênios para realização de Transplante de Córnea.

Para fazer Transplante de Córnea através de consulta particular, pedimos que ligue no telefone (21) 2501-5252.

Clínica CIOM
✔ ENDEREÇO

Rua Hermengarda, 428 | Méier
Rio de Janeiro | RJ | Brasil | Cep 20710-010


O Centro Integrado de Oftalmologia do Méier cuida da saúde da sua família há 40 anos,
com muito amor e dedicação ❤ CIOM, a sua clínica na Zona norte do Rio.